Para todos os desocupados do Brasil


 

REVOLTADOOOOOO.... é exatamente como eu estou me sentindo nesse momento.... o fds foi maravilhoso (ja vou contar.... relaxa).... mas o q me deixou FULO da vida agora foi o seguinte.... fui pegar um lanche pra comer numa padoca aqui perto do trabalho.... ao chegar no caixa, me deparei com uma cesta de trufas e comprei a única trufa de cereja q tinha na joça da loja.... comi os lanches na copa do trabalho, só esperando o momento de comer a trufa... abri o papel... dei aquela "cafungada-mestra" na trufa (pra ver se o chocolate é bom...e por sinal era), mordi a casquinha do trufa... qdo de repente, nao mais do q de repente, entra um pedreiro aqui da empresa (nada de preconceito, o cara é o pedreiro mesmo)... bem... eu, na minha educação básica, ofereci a trufa com a seguinte frase: "O Sr. gostaria de um pedaço?", (mas sabe qdo vc oferece mais por educação do q por vontade? Bem... era a situação, pq eu queria comer aquela trufa sozinho, sem ter q dividir com ninguém) então, o Sr. Pedreiro pegou a trufa, deu uma mordida e continuou segurando ela (nisso eu pensava comigo mesmo: "Porra, vai devolver ou não?"), ele deu uma segunda mordida (ai fiquei enfezado de vez, mas fiquei meio sem graça de falar algo do tipo: "Ô jagunço, será q dá pra vc devolver a merda da trufa ou vai comer tudo?"), qdo eu ia me manifestar o maldito, safado, fdp, safardana foi embora e me deixou lá com a merda do papel na mão... só amaldiçoando ele e toda a linhagem escrota de filhos e filhas q ele pode ter um dia na vida (geralmente eu não sou tão revoltado, mas pqp... era a única trufa q tinha...)

Bem.... passada a revolta inicial, vamos ao assunto do fds... fomos na formatura do Kendy Beraldo... eu, Ludy, Carlos, Luciana, Pablo, Patricia e o mino dela (sei la o nome do cara), Andréia (só o pessoalzinho la do colegial da GV).
 CAUSAMOS total na formatura... bebemos pra car#%&@ e zoamos muito... eu sou fã nº 1 de formatura e nunca perco uma oportunidade de ir...
 Bem... vamos ao resumo: Chegamos no baile e já fomos tomar Whisque e Amarula (q os formandos levaram)... depois q começou a subir o grau, ninguém mais segurou a gente... os fatos engraçados foram esses:

         * Na parte onde os formando ficam abraçados e toca "We are the champions" ou as músicas bregas do Legião Urbana... adivinha qm tava junto? Toda a nossa galerinha bêbada
 
         * Subimos no palco pra dançar Black e fomos tirados a força pelos seguranças...

 * O Carlos caiu no meio da pista e perdeu a gravata (ele sempre perde alguma coisa)...

 * Começamos a xingar os formandos gritando "Unicampe-pe-pe-ô"....

 * Eu derrubei um garçom, sem querer querendo, enquanto pulava na pista...

 * Aloprei com duas tiazona q tavam dançando umas teckneira peto da gente....

 E a volta pra casa foi com muita concentração pq somos bem responsáveis.... eheheheh....

 Qdo mandarem as fotos, eu coloco aqui... 

 



Escrito por Desocupado às 16h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




Bem pessoal... eu sei q faz tempo q não atualizo o blog.... na verdade faz mais ou menos uns 2 meses... mas tava muito correria no trabalho e nos dias q tava calmo, eu não tava muito inspirado pra poder ficar escrevendo, mas agora vou ver se tomo vergonha na cara e continuo os meus relatos .

Obviamente aconteceram muitas coisas nesses últimos 2 meses, nem eu lembro direito de tudo q aconteceu, mas vou fazer um esforço e colocar aqui... mas se eu esqueci de algum fato, sinto muito....

Vamos lá.... se eu não me engano a última coisa q eu postei foi do show da Paulista, depois disso teve o aniversário da Verginia lá no Tatuapé, foi aquele programinha básico num barzinho com o pessoal da antiga... uma cena q vou levar pro túmulo foi na hora q o pessoal foi beber tequila... um dos nossos amigos (o Fernando) começou a virar a Tequila logo que ela chegou, então o esperto q vos escreve (esse sou eu, ta?) foi falar pra ele pra esperar pra todo mundo beber junto.... só q eu tava com a boca cheia de sal e limão pra beber a tequila.... resultado? Bem.... vergonhosamente eu cuspi ao “tempero” na cara dele e implorei pra aparecer o buraco mais fundo q Deus pode criar pra me esconder dentro dele...

Estou ficando cada vez mais fissurado em cinema e todo lançamento eu tô indo assistir.... prova disso é ir na locadora e não ter nenhum filme q eu não tenha visto...

Não sei se tinha contado antes, mas fiquei meio fissurado em Harry Potter... li todos os 6 livros (sim... já peguei o 6º livro na net) em questão de um mês ou dois... e agora estou esperando a escritora finalizar a coleção com o último deles, mas acho q vai levar uns 2 anos pra ela escrever.....

Na minha mais nova aventura, fomos na festa surpresa do Elvis (namorado da Camilinha) num barzinho lá pertinho de casa.... de coadjuvantes da história apareceram a Ludy, Carlos (básico, né?) e o Diego q é um amigo nosso lá de Campinas... ficamos lá bebendo e conversando, até que, simplesmente do nada, resolvemos ir em algum karaokê no Tatuapé (era por volta de 1 da manhã)... demos uma passada na Silvio Romero e em alguns karaokês, mas não teve nenhum q nos agradou... então fomos pra casa do Carlos pra tirar um cochilo.... no dia seguinte acordamos e fomos alugar o bendito DVD.... mas... não tinha nenhum q a gente não tinha visto (viu o q eu falei antes?) e depois de uns 40 minutos a gente pegou um de comédia meia boca.... pra nossa surpresa, qdo saímos da Blockbuster o Diego deu a idéia de fazermos um bate-volta na praia.... não deu outra.... voltamos pra casa.... batemos um ranguinho rápido e fomos pro litoral... decidimos ir pra Praia Grande... chegando lá... sentamos perto de uma das barraquinhas q ficam na praia e nos ficamos tomando breja e comendo uma porção de filé de peixe deliciosa..... o fato engraçado foi o Carlos dizendo:

“Sabe o q seria perfeito agora? Um time de vôlei com loiras peitudas jogando do nossa lado com uma daquelas bolas de plástico grande e colorida”.... foi ela acabar de falar isso... o q acontece? Na nossa direção vem correndo um grupo de garotas de uniforme.... parecendo cena de filme.... mas (e isso já é uma brincadeira divina) era um time de jogadoras de Handball, um tanto quanto “grandinhas”, mas a situação em si foi muito engraçada.... depois disso... foi tomar um sorvetão no calçadão e voltar pra Sampa....

Pra quem não escrevia há 2 meses, até q já coloquei bastante coisas.... Amanhã eu coloco mais coisas....

 

Abração pra todo mundo.... amanhã eu coloco uns agradecimentos especiais...



Escrito por Desocupado às 15h19
[   ] [ envie esta mensagem ]




Domingão de feriado do Dia do Trabalho. Acordei lá pelas 13:00h e dei uma saída... o Melecão me ligou e disse q a mãe dele trabalha no PT e ele conseguia arranjar pro pessoal um lugar “VIP” no show da Paulista. Esse lugar era entre o palco e a multidão q foi pra ver (mais ou menos uns 50 metros quadrados). Acabei indo sozinho, pq o pessoal tava com treta de trabalho da faculdade, almoço com a família, ou não estavam com saco de sair de casa...

Fui pra lá e o Fernando disse pra estar por volta de 13:00h eu acho, mas só consegui chegar lá pelas 15:00h. Cheguei bem no começo de um discurso político de quase 40 minutos. Nunca vi alguém gostar tanto de falar “Companheiro” como a mulher q tava no telefone. Era Companheiro pra cá, Companheiro pra lá.... de 15 palavras dela, pelo menos uma era Companheiro... o engraçado era que o pessoal do Pânico na TV estava lá e todo mundo ficava aplaudindo o Mendigo que tava vestido de Lula e fazendo mímicas do discurso... depois desse sufoco todo, continuaram as apresentações.

Como cheguei atrasado perdi Kelly Key e Araketu (gosto pra caramba desses caras, mas teve uma época q eu não suportava esse estilo), qm eu vi foi:

 

* Broz – credo... lixo.... porcaria.... além de ser Playback, só ficavam se exibindo.... muito fraco mesmo....

* Dudu Nobre e Exaltasamba – muito bom.. esse Dudu Nobre vai ser o Zeca pagodinho qdo crescer, tanto ele qto a galera do Exaltasamba sabem fazer um show bem animado e participam com o público

* Alceu Valença e Geraldo Azevedo – Não conhecia muito as músicas e não sou muuito fã do estilo, mas foi um dos melhores “shows” q teve. Qm sabe.. sabe...e faz ao vivo, como diz o Faustão.

* Revelação – Gosto muito dos caras, mas foi Playback do cd ao vivo q eu tenho lá em casa e isso me decepcionou bastante por causa disso...

* Sorriso Maroto- Playback muito q do sem-vergonha, mas só conheço 2 músicas deles.

* Jota Quest – Só duas palavras definem esse show: “Caramba.... os caras são muito bons” .. como já gosto de JQuest, fico suspeito em falar, mas foi o melhor Show mesmo...

* Latino- Como o infeliz só tem a música da festa no apê... ele cantou essa e quase todo mundo q tava na “Área Vip” foi embora, pq tava tarde e começou a garoar.... depois ia vir Zezé di camargo & Luciano, mas eu nem queira ver eles batendo as mão e falando “Marabrás...ZAPT.... ninguém faz”

 

Na volta peguei carona com umas minas q estavam com a gente no show... eram de Piracicaba e faziam algum lance de estágio da faculdade aqui (acho q era fisioterapia)... do nada, uma delas começou a falar muito mal de São Paulo e da população daqui... do nada... nossa.... eu sou um cara muito sossegado, na verdade sossegado demais, mas qdo a mina mexeu com a minha cidade eu já fiquei fulo da vida... pode parecer besteira pra alguns, mas pode mexer comigo, mas não xinga a minha cidade e muito menos o meu país... sou brasileiro sim e tenho pena dos troxas q queriam poder ser americanos, europeus, ou qqr outra coisa... é quase tão grave qto renegar a sua família...

            A pior coisa é escutar a pessoa se vangloriando de q onde mora é melhor e tals... então volta pra lá se é tão bom assim..

            Vou indo nessa pra curtir um ótimo fds, pq hj foi uma sexta maravilhosa, com sol e tranqüila...

            Abração pra galera do Discipulos de Kadu (Carlos, Diego, Claudine, Sabrina, Rodrigo, Flávia), q são tão desocupados qto eu.... e vcs encontram no http://www.discipulosdekadu.blogspot.com

 

            Bjs,

 

            Valter



Escrito por Desocupado às 17h37
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

            É isso ai pessoal, fim-de-semana feio, com um tempinho ruim, mas fiz bastante coisa.

            Na sexta teve a última prova lá na faculdade, graças a deus, e fomos comemorar na pizzaria do lado da faculdade... falamos besteira pra caramba (como sempre) e, pra variar, eu fui o que mais comeu pedaços de pizza.

            No sabadão, foi toda a família visitar a minha avó no hospital das clínicas... ela fez uma operação, mas está bem... tem q ficar lá no hospital, mas não é nem um pouco paciente e dá bastante trabalho.

            Ela está dividindo o quarto com uma outra mulher q está batendo as botas... mó clima chato o do quarto, a gente lá fazendo piada pra animar a minha vó e a parentada da mulher reclamando e com cara feia (mas já tavam assim antes da gente chegar)... mas foi legal antes de ir no quarto...  a minha irmã foi dirigindo e naum perdemos a oportunidade de zoar com ela o caminho todo e ela caia em todas as provocações....

            Já chegamos causando no hospital, tentando enganar a segurança pra entrar, pq só podiam entrar 2 pessoas por dia e depois da minha mãe ficar falando e enchendo eles, acabamos entrando no quarto e tiramos a familia Adams de lá... eles tavam o dia inteiro velando pela mulher, ao invés de animar a coitada.... zoamos bastante no hospital e fomos pra casa com a minha mãe dando aula de direção pra minha irmã (tá bom q ela precisa, mas naum pq dirije mal, mas sim, pq ela tem q aprender a buzinar pros idiotas barbeiros e xingar eles, afinal, trânsito sem insultar a mãe dos outros não é trânsito)

            Chegando em casa, como todo fds, pedimos pizza e eu comi mais q todo mundo (sim, sou  fã de pizza e não perco e nenhuma competição)

            Na parte da noite sai com um pessoal que estudou comigo no Olivetano (verginia, Camilinha, Marcelo, Henrique) e uns amigos (Elvisson e o Bruno). O namorado da Camilinha foi comemorar, pois nesse dia, iria fazer 1 ano q ele não bebia... o motivo eu não sei, mas como ele iria beber, tínhamos q estar lá....

            Nos encontramos na casa da Camilinha e eu (pra variar), fui no prédio errado e ainda confundi os apartamentos... o porteiro tirou um barato com a minha cara (eu tbém faria isso se estivesse no lugar dele), mas acabou me ajudando a achar o prédio e lá acabei encontrando o apartamento. Fomos em um bar chamado "Bar do Padre" lá na Penha, que é muito bom.. os garçons são bem simpáticos e eu acho isso bem importante, é horrível vc ir em um lugar e ser mal atendido.... ficamos falando besteira a noite toda... saímos por volta de 4 da manhã, mas ainda tinha assunto...

            Comemoramos a volta do Elvis ao mundo das bebidas com uma clássica dose de tequila Ouro, muito sal e limão... tequila é uma das minhas bebidas prediletas... e pra mim, não faz efeito nenhum... na verdade, qualquer tipo de destilado faz pouco efeito em mim, posso tomar bastante, mas não fico mal, mas se tomar uma latinha de cerveja eu já fico alegre e rindo à toa... não sou muito forte pra bebidas fermentadas, mas destilados eu mando bem...

            Tava sem sono nenhum qdo cheguei em casa, então fui jogar um pouco de Play 2 pra tentar ficar com sono, mas qdo fui ver já eram umas 7 da manhã e eu já tava toamndo café e fugindo dos meus cachorros q queriam pegar o meu pão com manteiga de mim... sei lá o q deu neles, mas tavam famintos e só tive tempo de jogar o pào do outro lado da cozinha e correr pro meu quarto, senão eles iam correr pra minha cama pra comer o pão... Dá pra acreditar? Eles pegam qqr coisa q dão pra eles e vão comer em cima da minha cama... virou refeitório, né? Mas mesmo assim, adoro aqueles vira-latas... São muito brincalhões e inteligentes... e o melhor, nào custam muito pra manter... um vez eu fiquei em casa sozinho e eles devem ter ficado uns 2 dias sem comer... mas como tem umas pombas lá em casa, eles aproveitam pra fazer exercício e apurar o instinto selvagem deles (tá bom q eu forçei a barra agora, mas é só pra dar uma animada).

            Acordei no domingo as 13:00h com um colega q me chamou pra ir no Show da Paulista... só q na parte reservada pro pessoal da comissão do PT... bem em frenta ao palco, então já sai pra curtir o show...... q vai ser a próxima história...

          Um grande abraço pra galera lá do Olivetano... Camilinha, verginia, Marcelão, Henrique, Bruno, Elvisson q são ótimos companheiros de buteco e grandes amigos tbém.... 



Escrito por Desocupado às 11h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




            Posso ter demorado um pouco, mas tô aqui postando as novidades....

            Bem... como o peão aqui trabalhou na sexta-feira, tive que ir pro Torneio Interquímicas só na parte da tarde da sexta.... Explicando o que é esse TIQ - é uma competição esportiva entre as faculdades de química do estado de SP (USP, Mackenzie, Unicamp, etc...)

            De dia tem as competições e na parte da noite tem balada nas repúblicas e casas da cidade pra comemorar o evento....

            Quem foi:

            Valter, Carlos, Ludy, Sabrina, Rodrigo, Diego, Claudine, Sabrina (os 4 últimos são nossos amigos lá da Unicamp)

            Esse ano foi em Campinas que aconteceu e a como o Carlos mora lá, fomos de bicão nas festas... (A Ludy, a Sabrina e eu). AS meninas foram na quinta de manhã e iam voltar no sábado...

            Cheguei lá na sexta por volta de 9 da noite e já fomos pra uma festa... descobrimos pouco antes que era a Festa do Contrário (homens vestidos de mulher e mulheres trajadas de homens). Simplesmente ridiculo a cena.... uns 5 marmanjos de vestido de alça com tênis e 4 minas de homem.... a pior parte foi colocar a maquiagem (ninguém queria colocar, mas já q era pra zoar mesmo....) e caramba..... como incomoda essa dorga de maquiagem nos olhos... dói pra caramba....

            A festa foi bem gostosa e teve muuuitas cenas engraçadas.... tinha um cara q tinha bebido demais e tava jogado perto de um jardim e umas 5 horas depois fomos ver que tinha um formigueiro perto de onde ele estava (tadinho... dá até dó, mas na hora foi engraçado, pq ele ficava se coçando de 5 em 5 minutos, mas só ficamos sabendo depois que ele sumiu de lá).

            Tinha um tiozão loko de tudo, ele ficava tocando uma guitarra e uma bateria invisíveis..... tava chapadão, mas muito engraçado tbém... sem contar o pessoal q tava aloprando demais....

Voltamos por volta de 5:00 da manhã e deixamos as meninas na rodoviária.. voltando pra casa demos uma paradinha pra um café da manhã num posto (detalhe a cena do Carlos e do Rodrigo entrando de vestido curto pra comprar besteira na loja). Depois de dormir até meio-dia, fomos almoçar um pastel lá perto... o detalhe é q aquela maquiagem nào saia de jeito nenhum. Fomos almoçar, pro mercado, pros jogos da Unicamp de olhos pintados e o espertão aqui não tinha óculos escuros pra tentar cobrir...

Todo mundo olhava pra gente com uma cara estranha, mas fazer oq, né? Ninguém me conhecia mesmo....

            O espertão do Carlos comeu uns trecos no dia seguinte e ficou passando mais depois (o q miou nossa balada de noite, mas vamos com calma).

            Fomos pra uma competição de Handball e a galera da Unicamp tava humilhando o pessoal do Mackenzie, pq eles pagam a facu... eu tbém pago boleto e tava começando a torcer pro Mackenzie (afinal... estamos no mesmo barco, né?)... No fim das contas, a competição foi pro tiro de 7 metros e o Mackenzie ganhou.... ai tive q sair de cabeça baixa junto com o resto do pessoal (pq se eu ficasse feliz, provavelmente ia apanhar... ou pior... voltar a pé pra casa do Carlos... SE ele deixasse eu entrar, né?).

            Na parte da noite fomos comer uma pizza e o Carlos começou a passar mal e fomos vender os ingressos na porta da balada. ainda bem q nào fomos, pq tava muito fraca, mas muito mesmo... deu um pouco de trabalho, mas encontramos um grupo de caras que compraram os nossos ingressos.

            Eu levei um livro pra estudar, pq essa semana é de provas na faculdade, mas até parece que eu ia abrir.... fiquei devendo essa pros estudos, então agora tô me "matando" de estudar pra tentar garantir uma notinha... vou nessa q ainda tenho 4 provas pela frente..

 

            Abraços,

 

            Val

 

 



Escrito por Desocupado às 16h57
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

            Depois do nervoso que passei com o lance furado do skol beats, por volta de 10 da noite o meu amigo Carlos me liga e disse que o Kendy (não é o Kendy q tá em Londres... é outro Kendy, que vou chamar de KendyII) conseguiu descolar uma formatura pra gente ir de penetra.... adivinha o q eu fiz, né? Já fui caçando terno no armário e uma correria do inferno, pq eu tinha que estar na Sta. Cruz em 1 hora e ainda tinha que me trocar e pentear o cabelo (pra deixar ele no esquema de balada eu levo uns 20 minutos.... parece coisa de muié, mas fazer o q, né?).

            A formatura ia ser no ExpoCenter Norte de uma faculdade q eu naum sei qual era o nome (era alguma coisa pareceida com Wymen, Himen, sei lá....). Já chegamos na cara-de-pau e encontramos a comissão de formatura da Mauá (eram os amigos do meu amigo), mas eles eram o nojo em pessoa, todos medindo de cima abaixo e fazendo aquela carinha de riquinho de novela mexicana. O Carlos e eu nem ligamos... desde que a gente entrasse na faixa e não maltratassem a gente era só seguir o ditado do vovô: "Cara feia pra mim é fome"... e festa sem penetra não é festa, né?

            Depois de uma espera de uns 20 minutos conseguimos entrar junto com o pessoal, eles não tinham o nosso nome então falamos os nomes e eles anotaram a caneta...

            Já la dentro, eu já lancei pro Carlos e pro Kendy II pra sumir de perto daquela galera... a utilidade deles tinha acabado a partir do momento que a gente entrou na festa (cruel essa)... mas... sempre temos que manter o social e fomos encontrar o pessoal sentado enquanto rolava uma banda bem animada (e francamente, ficar sentando em festa é o fim...). Mais do que depressa já acelerei o pessoal e fomos pro meio da pista pra zoar bastante. Demos uma paradinha no bar pra calibrar (breja, refri e petiscos na faixa)... mas eu não estava afim de breja e acabei ficando na água mesmo...(na verdade eu não curto muito cerveja... só qdo a galera vai lá no Tatuapé beber é que eu tomo uns goles, mas de escolha própria eu prefiro um refri)...

            Fazia anos que eu não ia numa formatura e foi muito divertido... principalmente pelas músicas antigas e pelas danças em conjunto... todo o salão dançando igual (ou pelo menos tentando).

            Teve um grupo de garotas lindas q estavam do nosso lado e como o Kendy II estava com câmera digital não dá pra desperdiçar a oportunidade de lançar uma olhada, tirar uma foto e já conversar.... (e se não der muito certo, a gente pega o e-mail pra mandar a foto e já lança um xavequinho aqui, outro acolá)...

            Tinha uma moreninha muito sensual nesse grupinho, estávamos conversando um pouco e eu já estava preparando o terreno pra ela lançar um brecha (geralmente nós homens fazemos isso, pelo menos eu faço, é só observar direito e a gente consegue levar o papo pra elas darem aquela entrada para a gente "chegar junto", q elas já estão esperando q vc faça... nenhum dos 2 lados é besta, mas temos q seguir alguns "passos" para o cara não ser rejeitado e para as garotas realmente aceitarem, pq não importa o q digam, tudo vai depender delas pra rolar alguma coisa ou nào, não dos caras... sempre têm aqueles pavões q saem cantando vantagem q são catadores, mas na verdade eles q são catados... se bem q toda regra tem sua exceção... mas depois posto alguma coisa sobre esses casos, vamos voltar ao assunto)...

           Caramba, deixa eu ver onde eu tava... dança.. máquina fotografica.. uma conversa e... ah!!!! Claro.... o q acontece? Xaveco? Nada.... o espertão do Carlos deixou o terno na mesa com aquele pessoal da comissão e roubaram o celular dele... ai foi aquele stress...(eu sou o tipo de cara que não abandona os amigos numa treta, não importa o tamanho da treta, estou junto até o fim... a não ser qdo a pessoa está errada, nesse caso eu tento ajudar, mas deixo claro q ele errou). É muita sacanagem roubarem coisas na formatura, né? E qm diz q só tem ladrão na Zona Leste? Pq aquela facu é muito cara e com certeza foi algum boyzinho safado q pegou.... mas tudo bem.... uma coisa q eu tenho certeza na vida é q se vc tira alguma coisa de alguém, vc perde algo do mesmo valor...

            Acabamos saindo dela um pouco depois e fomos pra casa... isso já era em torno de 5:30 da manhã... não acabou rolando nada entre eu e a garota, mas... tô com o e-mail comigo e só tô esperando o Kendy II mandar as fotos pra poder conversar com ela...

 

            Agora no feriado vai ter Torneio Interquímicas lá na UNICAMP, com a participação da Rosana, Ludy, Carlos e do seu querido amigão aqui... eu.

 

            Na segunda conto tudo que rolou nessa festaça de 5 dias...

 

            Bjs e bom feriado pra todos,

 

            Val

 



Escrito por Desocupado às 14h46
[   ] [ envie esta mensagem ]




Finalmente um feriado a vista, graças a Deus e ao Tiradentes....

Minha programação da semana passada seria ir no Skol Beats... mas....  como sou o melhor amigo do Murphy (e não estou falando daquele macaco q vc apertava a barrriga e ele gritava GÃÃÃÃÃÃÃ) alguma coisa tinha q dar errado.

            A história começou durante o começo da semana passada, onde um colega arranjou um jeito de trabalharmos de barman no evento. A proposta seria de 4 ou 5 horas de trabalho e depois curtir a festa a vontade (ninguém recusaria, né?). Fomos encontrar o pessoal que iria distribuir as escalas e uma colega e eu (junto com várias pessoas q estavam junto) fomos tratados de uma forma humilhante por um gordo tão nojento e uma mina tão vagal q dava pra sentir pena... eles eram os “organizadores” das turmas... e só lá descobrimos que o horário de trabalho seria das 10:00h as 24:00h (sim... 14 horas de trampo). Sabe... eu ia aceitar, mas depois que os caras maltrataram todo mundo, a úiltima coisa que eu faria seria “obedecer” aqueles idiotas. Pra mim, não importa dinheiro, status ou entrar na faixa no Skol Beats... qdo aquele cara destratou e humilhou todo mundo ali, peguei a minha dignidade e cai fora de lá....

            Uma coisa que não admito de jeito nenhum é uma pessoa destratando outra... Não importa a hierarquia que esteja montada, se é patrão ou empregado... o cara pode ser o mais burro do mundo ou mais imcompetente no que está fazendo, acho que isso não justifica o tratamento de “exclusão” que as pessoas impõe... só acho que esse tipo de coisa deve ser feita com algum inimigo seu... ai sim tá valendo... afinal, tem algo mais gostoso que aquele gostinho de vingança? É errado.. eu sei, mas nem por isso não deixa de ser delicioso ver aquele (a) safado (a) que te ferrou alguma vez.

Vi uma descrição de um coelga no orkut e define muito eu mesmo: “Sou o melhor amigo que vc pode ter e o pior inimigo também”.

Mas apesar do Murphy ser meu amigão eu acabei dando sorte e no fim da noite no sábado o telefone toca pra sair para uma “balada”....

 

Q balada? Onde? Quem foi?

Vou contar amanhã......



Escrito por Desocupado às 16h37
[   ] [ envie esta mensagem ]




 Só tenho uma coisa pra dizer: "Provas"... Meu Deus, pq elas existem?
 Tá bom, todo mundo sabe do pq dessas malditas, mas não q alguém realmente goste. Estou na semana de provas na facu e mais novos projetos no trampo, ou seja, muita correria, pouco sono e sem tempo pra escrever besteira no blog... mas agora estou esperando terminar de instalar o Windows em um dos pcs e aproveitando pra conversar um pouquinho com vcs....
 Gente, ,queria agradecer muito por vcs acessarem o blog... até tô ficando assustado, pq reli algumas besteiras q coloquei aqui (a melhor é a minha mania de fuçar no armarinho do banheiro dos outros) e muitas pessoas tão vendo (tá bom q ele não tá entre os 10 mais lidos, mas pra mim já tá bem popular), pq tem várias pessoas me enviando e-mails dizendo q tá legal e, inclusive, teve um cara q eu não lembro mesmo (chamado Wagner) e disse q era legal e tals... fiquei muito feliz (tá... foi uma frase meio bixinha, mas e daí?).
 Sempre com a mania de correria da capital, eu viajava pouco, mas no último mês tô batendo cartão em Caçapava, onde fica uma das unidades da empresa e não aguento mais ver pasto e vaca no caminho pra cá...
 Estou bem pensativo do futuro nas últimas semanas, meio q preciso tomar um rumo na vida... sei lá... virar patrão, namorar, fazer projetos e não deixar só a vida me levar... mas tô sem tempo até pra isso..
 Putz... lembrei... vu trampar no Skol beats... aaeee... da hora... um camarada meu me arranjou trampo lá.... o bom q além de ganhar uma graninha extra (longe de mim dizer não) vou entrar na faixa lá, não preciso pagar 40 conto pra pisar no lugar.... Fui no ano passado e é muit loko,  mas eu sou o tipo de pessoa q gosta de variar bastante numa balada 9em relação aos estilos de música) e lá é só tecnera nervosa e acaba cansando depois de umas 5 horas, mas mesmo assim eu acho q vale a pena ir pq é bem legal...
 Tenho várias coisas pra falar com vcs... fiz até uma listinha de tópicos pra falar q anotei num caderninho e vou colocando aos poucos... vou tentar atualizar de 2 em 2 dias, depois da próxima semana pelo menos...

 Hj quero mandar um abraço pro Wagner e um beijão pra Thaís q me postaram algumas coisas...

 Aquele abraço galera,

 Valter



Escrito por Desocupado às 14h48
[   ] [ envie esta mensagem ]




 Depois de semanas na deprê, meio mal da vida, o bom e velho Valter super animado tá de volta.... os problemas continuam, mas prefiro encarar eles com bom humor....
 Temos coisas interessantes pra contar? Ah tem... com certeza tem...rs, vamos lá... eu fui à trabalho pra Caçapava essa semana, na volta fui pegar o busão pra voltar pra São Paulo (o busão vêm de Taubaté e pára em Caçapava pra pegar os passageiros na rodoviária, geralmente ele já vem meio cheio). A cena é a seguinte:
 Eu estava com o bilhete com a poltrona 19 e entrei no busão q estava muuuuito vazio, cheio de lugares nas janelas (pros felizes de plantão) e tudo mais. Na minha poltrona tinha uma moça dormindo, toda capotada, então como uma pesssoa sensata eu sentei no lugar da frente na janela (aaaeeeee) e comecei a ler um livro (super intelectual, né?), eis q surge o nosso amigo: O Palhaço (vou me referir a ele por esse nome pq nem fazia questão de saber o nome do infeliz), ele tava vestido de Reginaldo Rossi, completamente igual.... ai, de repente olha pra mim e pra poltrona e senta do meu lado (isso com mais ou menos uns 40 lugares livres no busão, maaaas.... fmz) e começou-se o diálogo:

 P: Olá... vc enxerga direito?
 V: Hã?
 P: Vc enxerga direito?
 V: Até onde sei... sim... (detalhe, nada de pergunta no fim da resposta, pra já nem continuar o diálogo)
 P: Vc pode me dizer em qual poltrona está aqui q eu tenho q sentar? (nisso ele me mostra o papel da passagem dele e vi q era a poltrona q eu estava, a nº 15)
 V: O q vc leu ai? (cara-de-pau? magina...)
 P: Aqui está poltrona 15..
 V: É... está certo mesmo, vc naum errou naum...

 Pausa dramática (realmente era a última coisa q ele achava q ia escutar e a cara de raiva dele foi ótima)

 P: Bem... muito provavelmente a sua poltrona é a 16, então....
 V: Poltrona 16? Ih... q nada... tá bem longe de ser 16, a minha é a 19, pq? Vc quer sentar aqui (q inocente, né?)
 P: Não... não, eu só queria ter certeza de que peguei o meu lugar certo (enquanto isso 35 lugares vazios)
 V: Olha colega, só vou perguntar mais uma vez com educação, vc quer sentar aqui? (baixinho corajoso eu, né?)
 P: Não... eu nem gosto de ficar na janela....
 V: Então? (q significa: "Ae... seu mané, tá arregando agora?")

 Pausa dramática 2

 P: Esse ônibus vai direto pra SP, né?
 V: Bem... é o q tá dizendo na placa do busão e na sua passagem da poltrona 15, vc só quer ter certeza disso tbém?
 P: Eu... eu acho vou pegar um lugar lá atrás...
 V: Vai lá.... tem bastante espaço.. pode escolher, mas... só tem na janela e vc nào gosta, né?
 P: ............. obrigado.....
 V: Magina...

 Sem noção esse manezão, ao invés de ter peito e pedir pra sentar no lugar, fica fazendo teatrinho.... falow, viu?   
 Daqui a pouco tem mais coisa, vou comer um pastel, pq tem feira de sexta aqui perto....



Escrito por Desocupado às 13h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Hoje, faço das palavras de Shakespeare as minhas... Aprendendo a viver

Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida
e olhos adiante, com a graça de um adulto e
não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os
planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o
sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe,
algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,
ela vai feri-lo de vez em quando e você
precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para se construir confiança
e apenas segundos para destrui-la, e que você
pode fazer coisas em um instante, das quais se
arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a
crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família
que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos
se compreendemos que os amigos mudam,
percebe que seu melhor amigo e você podem fazer
qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se
importa na vida são tomadas de você muito depressa,
por isso sempre devemos deixar as pessoas
que amamos com palavras amorosas,
pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes
têm influência sobre nós, mas nós somos
responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar
com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a
pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou,
mas onde está indo, mas se você não sabe
para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o
controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco
ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada
e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era
necessário fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você
espera que o chute quando você cai é uma das
poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com
os tipos de experiência que se teve
e o que você aprendeu com elas
do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais
em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma
criança que sonhos são bobagens.
Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma
tragédia se ela acreditasse nisso.


Aprende que quando está com raiva tem o direito de
estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do
jeito que você quer que ame, não significa que
esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam, mas
simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser
perdoado por alguém, algumas vezes você tem
que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga,
você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos
pedaços seu coração foi partido,
o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é
algo que possa voltar para trás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma,
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar...
que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe
depois de pensar que não se pode mais.
Aprende que nossas dúvidas são traidoras
e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar.
E que realmente a vida tem valor e que
VOCÊ tem valor diante da vida!

(William Shakespeare)



Escrito por Desocupado às 10h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




Correria, correria e correria… esse último mês tá muito punk... estamos reestruturando algumas coisas na empresa e mudando de servidores e caraio a 4....

Resumindo? Não atualizei o blog, tô faltando muito na facu (e já vamos pra semana de prova... tô lascado)....

            A minha páscoa foi muito trash... não fiz absolutamente nada... o mais emocionante foi q pedi pro meu irmão alugar alguns DVDs pra ver lá em casa... fiz uma lista bem simples, com uns filmes q vão ter continuação no cinema, mas precisava relembrar o q vinha antes (O chamado, star wars, etc)... mas tava tudo alugado e lá vem o meu irmão com uns 5 romances (ele tava com a namorada dele, entaum sacumé...). Os cds tavam tão riscados, q parava de 10 em 10 segundos... simplesmente horrível.... Mas pra matar o guarda, foi qdo eles colocaram uma droga de filme q chama “Antes do pôr-do-sol” (ou antes, ou depois.. sei lá...), mas resumindo (sim, vou contar o filme, pq vc só vai perder grana alugando): Um cara e uma mina ficam 154 minutos conversando e andando pela cidade...só isso....não tem violencia, sexo, musica,nada... só um looongo e interminável diálogo... e... FIM (minha nossa, qdo acabou eu quase tive um treco)

            Preciso fazer alguma coisa no próximo fds.... acho q vou fazer um churras lá em casa e depois dar uma volta no Tatuapé, já tenho confirmado umas 4 pessoas, mais os meus irmãos... se alguém tiver vontade de ir, dá um toque, pq ai eu confirmo mesmo (e se alguém quiser levar alguém, fica a vontis (rachando tudo, sai cerca de 10 ou 13 reais pra cada)... é q tô com vontade de fazer churrasco... eu ia fazer no fds, mas qdo fui ver minha mãe já tava comprando frango e fazendo o macarrão....

            O stress da semana passada já tá quase indo embora,  só vai se encerrar de vez qdo acabar o projeto q estamos fazendo.... mas pelo menos eu melhorei e parei de xingar deus e o mundo (menos os ets, esses eu continuo xingando pra sacanear).

            Por enquanto, estou “preso no trampo”, mas vou conseguir um tempinho pra escrever e tentar falar besteira E tbem melhorar um pouco o humor pra zoar a vida até naum poder mais...

 

Aquele abraço,

 



Escrito por Desocupado às 17h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Gente… Tô muito estressado, vcs naum tem noção... tá sendo com tudo: trampo, faculdade, lá em casa... na verdade acho q o motivo mesmo é q tô com umas dívidas q tão tirando o meu sono.... preciso pagar uns treco do Credicard e já tá chegando o dia e só tenho a metade.. acho q vou ter q arranjar um jeito de fazer dinheiro brotar da terra.... não sei como fazer isso, mas tenho q arranjar grana.... mas tá difícil... e não é só pra mim não.. tem muita gente q eu conheço (e q nem conheço tanto) que tá me pedindo grana... minha nossa, nunca vi uma crise dessas....mas tá todo mundo com saúde, pelo menos.

            Fui ver um filme q lançou semana passada, chamado “Constantine”, e é muito bom... recomendo mesmo que vcs vão ver, só nunca se baseiem naquelas críticas de jornais e revistas, pq lá só tem um bando de velho resmungando que gostam dos filmes porcaria e criticam os bons..... porra.... eu vou no cinema pra ver filme de ação, suspense, terror ou comédia... e daí q alguns deles não tem conteúdo? Dane-se.. vou pra ver os efeitos especiais ou pq me chama atenção.... mas esses porcarias só elogiam quando é filme nacional (e eles têm q elogiar mesmo, incluse nós temos q dar mais valor pra nossa arte) ou quando o filme é um superdrama-cabeça, onde vc fica lá sentado, quase dormindo na poltrona do cinema, não entende o final e sai dizendo q é muito bem feito (mas só diz isso pra naum pensarem q vc foi o único burro q naum entendeu... qdo na verdade, nem os q tão dizendo q gostaram entenderam tbém).... agora, os filmes com violência, sexo e brutalidade.? Só recebem críticas....ggrrrrrr

            Mas fazer oq, né? Cada um na sua... Eu ia pra festa da Uva em Vinhedo este sábado, mas deu umas tretas e fiquei por aqui mesmo... foi um fds maravilhoso do lado de fora da janela e fiquei moscando em casa, sem fazer naaaaada.... na verdade fiquei arrumando o meu quarto, fazia mais de um ano q eu naum dava um trato nele... putz, o q tinha de pó naquela birosca.... e nem terminei, fiz só a metade q precisa, q é onde as visitas olham, pq dentro dos armários tá um caos.... mas arrumo qdo tiver saco pra fazer isso...

            Lá vai um pouco mais de revolta:

Sabe o q me deixa maluco? Esse povinho q são um bando de pé-de-chinelo na vida e acha q é alguma coisa, a gente encontram em todo lugar, vamos aos exemplos:

           Escola - sempre tem algum idiota, que não sabe nada do q ta rolando na matéria (tá bom q de vez em sempre eu sou esse cara), mas qdo tem algum trabalho ou prova, o idiota teima em discutir o assunto (porra, parece q revebe santo e de repente sabe de tudo...) dá vontade de falar assim pro maluco: “Ô Jumento, calaboca e só recebe a nota, ninguém quer q vc participe e nem vc quer participar, estamos nessa pelos motivos de q vc quer a nota e eu tô te fazendo um favor pra vc” (um dia ainda uso essa frase).

Tem o caso do idiota saber de mais das coisas, mas ser um fracasso social e quer ser seu amigo pra vc “agitá” as suas amigas gostosas pra ele dar o primeiro beijo.

 

Trabalho – Clássico, pq o idiota geralmente é seu “amigo” no trampo (ou vc faz ele pensar q é, pq é mais divertido), é o típico inútil, q não faz porra nenhuma e ganha mais q vc, sempre te enche o saco qdo vc menos precisa de alguém fazendo isso.... mas o pior é qdo ele é de outra área (geralmente é uma mistura de outras e ele sempre fica com a parte fácil, onde não precisa pensar muito e nem ter responsabilidade) e de uma hora pra outra fica o expert em tudo: computador, leis, faturamento, atendimento ao cliente, etc. Geralmente ele só sabe fazer uma coisa, q é puxar o saco do chefe, q geralmente é o mais burro de todos na empresa, mas é o q sabe aproveitar a vida com a grana q a peãozada sofre pra conseguir pra ele.. (no meu antigo trampo... o cara era semianalfabetizado, qdo ele mandava e-mail, vc só via o pessoal encaminhando pra todo mundo dar risada)

           

            Dia-a-dia – Acho q todos conhecem os tipos: cara no buteco q sabe tudo de politica (é o desempregado, rei da caninha as 7 da manhâ), gente feia que sabe todos os exercicios fisicos, estilos de maquiagem e sabe tudo de moda (usa em vcs), os “malandrões” q conseguem descolar grana, carro e celular fácil (se fosse tão facil, eles moravam numa casa no Caribe com uma Mercedes na garagem), mas ninguém ganha dos vizinhos q acompanham a sua vida como se ela fosse o BBB.

 Geralmente eu não sou tão revoltado, mas essas 2 últimas semanas foram muito correria: não almocei nenhum dia, faltei nos trampos da facu, tô devendo no banco, levei vários calotes e tô cheio de “amigas”, q fazem a gente entender q querem dar pra gente e chega na hora H e: “somos amigos”...ggrrrrrrr

 

Vou lá q tenho várias coisas pra fazer...

 

Abraços, 

 

 

 



Escrito por Desocupado às 14h29
[   ] [ envie esta mensagem ]





 Ó nóis aqui travêis...
 Como vcs tão pessoal, tudo bem?
 Eu tô lendo um livro da modinha, q todo mundo ta falando... o famoso: "O Código Da Vinci"... realmente é um livro muito bom e pode dar uma treta nervosa se vc começar a discutir ele... eu mesmo passei por vários quebras por causa das idéias do livro.... ele aborda assuntos bem sensíveis, que é a questão da fé e legitimidade da igreja católica.
 Eu fui criado desde mulekinho seguindo os procedimentos do cristianismo, fiz até 1ª comunhão e tudo mais... se bem que agora tenho algumas novas filosofias... acredito bastante na força da natureza (lembrei que o meu avô curtia esses baratos,ele veio da Romênia, onde a instrução religiosa é bem diferente)... segui os principios do catolicismo até alguns meados do colegial, mas depois comecei a me afastar totalmente (não só por falta de tempo, mas por desinteresse tbem).
 Discutir religião é muuuito complicado... tenho amigos crentes, judeus, ateus, católicos fanáticos, wiccas, tem até os que acreditam em ovnis e deuses do espaço... e não importa com qual deles eu fale... sempre sai discussão...(principalmente o dos Ets, pq eu realmente apelo na gozação)
Na minha visão a igreja católica é a maior vilã de todos os tempos, matou, torturou  e manipulou milhares de pessoas.... era e talvez ainda seja uma das forças mais poderosas da humanidade... (ninguém tá contando os raios lasers dos Ets). Pros católicos essa afirmação de q ela já foi ruim é um absurdo e pra todos os demais eu estou certo... mas TODAS as religiões tem as suas "falhas", por assim dizer, mas mesmo sabendo disso,  as pessoas insistem q não... mas isso já é um aspecto bem humano mesmo, então complica discutir....(menos os dos Ets, isso é ridículo e não vale a pena falar nada, a não ser q vc tire um barato)
 Se tem alguma coisa em comum em todas eras da humanidade é a questão de q os seres humanos sempre serviram e seguiram deuses... isso me frusta em parte,  pq sempre usamos algumas "desculpas", como os clássicos: "Deus quis assim (ou naum quis)", "Agora é deixar com deus", "Não pode pq Deus naum gosta"... estudei em psicologia que isso é um mecanismo de defesa, mas o q me frusta é q nós sempre ficamos dependentes de "forças superiores"... isso minimiza o potencial humano.. (pq os ets são bem evoluidos, e naum tem esses problemas).
 Não vou entrar em muitos detalhes do livro, pq recomendo que todos leiam, é bem interessante... mas ele faz vários comentários a legitimidade da igreja católica e de suas origens... dá pra viajar legal com esse assunto... já pensou se provam q tudo q a igreja prega é mentira? Nossa... seria uma revolução absurda, acho q ia ter guerra, gente se matando e um grande numero de pessoas fazendo muitas coisas erradas... essa "fé" e ideais que temos é como um freio pra todo mundo não sair por ai aprontando com os outros e consigo mesmo....
 Bem... o comentário era esse, ele pode ser muito mais aprofundado (qqr coisa deixa uma mensagem - na verdadee peloamordedeus deeixa uma mensagem), mas meu horário de almoço tá acabando e tenho q voltar pro batente...
 Mas a conclusão disso tudo é só uma: "O Elvis foi sequestrado pelos Ets, pq qdo os Ets vieram conquistar a Terra ele era "O Rei" e como os Ets sempre querem  os reis, levaram ele embora lá pro planeta deles" (dããããããã... essa foi de doer)

 Aquele abração e hj quero mandar um bjão pra Nanda...

 Cruj, Cruj... Tchau



Escrito por Desocupado às 11h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

 

Depois de um pouco de correria de novo, consegui arranjar um tempinho pra escrever aqui... Vou continuar de onde parei na última vez...

 

A vidinha de estudos do Valti – PARTE 2

 

Como eu tinha falado, foi bem bacana a época do Olivetano, na verdade era uma época mais inocente, comparada com hoje em dia, mais simples...

Foi muito divertido uma viajem da formatura q fizemos para uma chácara.... todo mundo se divertiu e fortaleceram bastante a amizade...

Depois do Olivetano, após concluir a 8ª série, tínhamos q fazer o colegial, mas no Olivetano não dava mais (eles tinham acabado de implementar o colegial lá), pq não tínhamos mais como pagar, então fizemos inscrição para a Federal e a GV... eu nem de longe peguei nos livros, ficava jogando vídeo game o dia inteiro e lendo revista, na verdade, se eu prestava atenção na aula, não precisava estudar... enquanto a minha irmã ficava lá se matando de estudar na sala...

Resumindo a história, passamos na GV numa classificação até q boa.... o problema é q ir pra GV, tínhamos que acordar as 4:30 da manhã e pegar o ônibus “Terminal Parque Dom Pedro”, era simplesmente insuportável... ninguém tem noção do q a gente passava....pra começar, só tinha lugar no primeiro degrau (qdo o esperto aqui não ia pendurado pra fora), mas o mais legal era o povo... tudo bem q eram todos trabalhadores pobres e honestos, mas PQP... um desodorante e um pente iam ser bem-vindos....hehehehe

            Como sempre tínhamos estudado em escola particular e ainda por cima de freiras, esse mundo de escola estadual era totalmente novo pra gente... várias faltas de professores, várias pessoas no pátio, cabulando.. era muito estranho... mas o meu espírito Nerd já tava com os dias contados... até o 1º colegial eu me dedicava... fazia trabalhos, estudava... mas do segundo pra frente.. eu já naum tinha mais o pensamento de uma boa classificação na escola, começou a ser mais interessante sair e curtir com o pessoal e passar de ano, naum interessava mais ser o aluno nota 10...

            Acabei fazendo técnico de química lá na GV (vê se pode.... sempre q falo isso me chamam de louco, mas todo químico de verdade tem q ser louco).... foi uma das melhores fases da minha vida, fiz amigos lá q convivo até hj e espero guardar pra sempre (AAAEEEE Ludy, Carlos e Rosana... essa é pra vcs...) e também cresci bastante como pessoa... vi várias coisas “erradas” q cometi (socialmente falando)... e tive muito mais aventuras nesses 3 anos, do q tive em toda minha vida até entaum.... tem tanta coisa, mais tanta coisa pra contar.... q dá pra escrever um livro q concorre com a bíblia em numero de paginas.... com calma vou colocando algum deles....

            O colegial de ensino médio em si, naum foi muuuito legal, mas o técnico foi maravilhoso...

            Depois de acabar a nossa vidinha de estudos na GV, tive q encarar o meu primeiro trabalho, por necessidades econômicas.... mas isso é pra próxima história...

 

            Aquele abraço,

 

P.S. – E a Vanessa? Adivinha? Aluna nota 10, aquela q os professores adoravam.....



Escrito por Desocupado às 13h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




Olha eu de novo…. Ontem de noite estava voltando pra casa da facu e encontrei a Verginia, uma colega da minha antiga escola, o Colégio Olivetano, q fica lá na Vila Matilde. A primeira coisa q ela me disse foi “e ae, desocupados do brasil”... eu fiquei besta (tá bom... fiquei mais besta do q ja sou), sei la, foi estranho, eu pensava q só eu e mais uns 3 amigos tinham acessado esse blog, mas  fiquei bem feliz por ver q mais gente acessa....

Ae Vê, valew, hein? Um beijão....

Com a volta da facu, tô naquela maldita rotina de “Casa (acorda) – trabalho – faculdade – casa (dormir)”. Nossa... é muito exaustivo... acho q tô ficando velho... antes eu virava 2 dias e meio sem dormir e descansava só um pouco e já tava 100%... agora? Vixe maria, tô no modo econômico... mas vamo lá...

Bem... naum tem nada de novo pra contar, por causa da rotina q eu ja disse... mas como esse blog tbem serve de terapia pras pessoas ficarem melhores (sério, teve matéria até na Época), vou escrever qqr coisa... acho q vou emendar o gancho da Verginia e falr do Olivetano.

 

A vidinha de estudos do Valti – PARTE 1

 

Quando estudei lá, era um colégio de freiras, muito rígido e muito bom. Na época o meu pai pagava pensão pra gente e bancava o colégio... e a vida era mil maravilhas, sem responsa e os problemas naum eram tão sérios... é como se o mundo fosse uma janela, onde, quando vc é criança vc vê o mundo dos adultos lá fora e quer atravessar e fazer parte, mas qdo vc atravessa, olha pra trás e sente vontade de voltar, mas não dá... (melodrama do inferno, né?).. mas estou fugindo do assunto, q era o meu colégio... naquela época a minha mãe forçava muito para eu e minha irmã estudarmos bastante e realmente fazíamos isso... estudávamos pra cacete naquele lugar e vivíamos competindo por umas medalhas de melhores alunos q davam nas salas e pros melhores alunos do colégio... e qm tava sempre lá? Valter e Vanessa, junto com mais alguns.... pra qm me conhece hj, vcs podem naum acreditar, mas já fui meio (pra naum dizer extremamente) nerdão... mas naum me arrependo naum, pois nessa idade desenvolvemos grande parte da nossa inteligência (tava na Veja isso, naum é desculpa nem nada.... como, por exemplo, aquela galera q vai pro hospital tomar glicose de tanto vinho e fala q é bom pro coração....).

Há um tempo, fui num encontro com a galera das antigas de lá, q tavam comemorando os 50 anos do colégio e revi muita gente... e, mesmo depois de mais de 7 anos, eu lembrava do nome de todo mundo... foi muito loko.

Tive muitos bons amigos lá... todos passamos juntos por uma fase bem divertida e difícil, pois começamos lá como pirralhinhos magricelas e saimos como pré-adolescentes com hormônios saindo pelas orelhas.... é incrível que vc encontra qqr um q estudou lá e todos temos as mesmas histórias de algumas situações e lembranças de vários professores....

 

Tô na correria hj, depois escrevo mais....



Escrito por Desocupado às 13h49
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, VILA MATILDE, Homem, de 20 a 25 anos, English, French, Viagens, Esportes de aventura
MSN -
Histórico
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005
  17/04/2005 a 23/04/2005
  10/04/2005 a 16/04/2005
  27/03/2005 a 02/04/2005
  20/03/2005 a 26/03/2005
  13/03/2005 a 19/03/2005
  06/03/2005 a 12/03/2005
  27/02/2005 a 05/03/2005
  20/02/2005 a 26/02/2005
  13/02/2005 a 19/02/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005


Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog